PÁGINA PRINCIPAL

         

 
CONSULTÓRIO BÍBLICO E TEOLÓGICO

Pergunta Nº 13 - Qual é a base bíblica para a consagração de mulheres ao ministério eclesiástico?

 

Bispo Sebastião Elias

 

Bispo Elias, gostaria que o senhor nos indicasse qual é a base bíblica para a consagração de mulheres ao ministério eclesiástico. (Jussiara M. M. Bastos - Salvador/BA)

Resposta: Prezada irmã em Cristo,

A consagração de mulheres para exercer o presbiterato, diaconato, ou o pastorado, não é um assunto de concordancia plena entre as igrejas evangélicas, sendo que em algumas denominações há sérias restrições quanto ao ministério feminino, nessas funções, proibindo-as de exercerem cargos de liderança. Ao nosso ver, essas proibições, constituem-se uma visão destrucida dos princípios bíblicos de igualdade cristã. É verdade que o Apóstolo Paulo em suas epístolas, faz algumas restrições às manifestações das mulheres na igreja, mas, antes de generalizarmos e,transformar em doutrinas essas, recomendações paulinas é preciso que façamos um estudo da situação feminina ante a cultura oriental de então, onde ainda hoje,em pleno século 21 as mulheres são vistas como um ser inferior e sem voz ativa. A cultura oriental tolhia à mulher o direito de estudar, saír às ruas ou mesmo se mostrarem.Elas eram até comercializadas. Esta visão cultural não justifica, mas explica as razões das recomendações paulinas, pois a igreja nascente carecia de credibilidade diante da sociedade constituída por gentios. A instituição da líderança feminina não seria uma atitude sábia à obra missionária nascente. Entretanto encontramos na Bíblia as mulheres exercendo várias atividades eclesiáticas. Por exemplo, servindo na igreja como: diaconisas, evangelistas, profetisas, pregadoras, obreiras, etc. Diante de tantos exemplos, é impossível negarmos o chamado e unção de Deus, para a consagração de mulheres aos ministérios acima mencionados. Observem, que o mover do Senhor é uma realidade em nossos dias. Exponho abaixo os textos que tratam das atividades exercidas pelas mulheres na obra e na Igreja do Senhor Jesus.
MULHERES QUE SERVIRAM AO SENHOR COMO

a) PROFETIZAS – Débora, Hulda, Noadia, Ana
Débora: “Débora, mulher de Lapidote, profetisa” (Jz 4.4)
Hulda: “... os sacerdotes... foram ter com a profetisa Hulda.” (2Rs 22.14)
Noadia: “... profetisa Noadia e dos mais profetas ...” (Ne 6.14)
Ana: “Havia uma profetisa, chamada Ana...” (Lc 2.36)
Felipe, "Tinha quatro filhas virgens que profetizavam." (At 21.9)

b) JUIZA –
Débora, além de profetiza era também juíza dos israelitas, naquele tempo, instituída por Deus. (Jz. 4.4)

c) OBREIRA -
Priscila “Ele começou a falar com coragem na sinagoga. Priscila e o seu marido Áquila o ouviram falar; então o levaram para a casa deles e lhe explicaram melhor o Caminho de Deus” (At 18.26)
“Mando saudações a Priscila e ao seu marido Áquila, meus companheiros no serviço de Cristo Jesus.” (Rm 16.3)

d) DIACONISA - Febe “Eu recomendo a vocês a nossa irmã Febe, que é serva (diaconisa) da igreja de Cencréia.” (Rm 16.1,2)

e) EVANGELISTAS - Jo 4. 27-29 “Naquele momento chegaram os seus discípulos e ficaram admirados, pois ele estava conversando com uma mulher... Em seguida, a mulher deixou ali o seu pote, voltou até a cidade e disse a todas as pessoas: —Venham ver o homem que disse tudo o que eu tenho feito. Será que ele é o Messias?” Fl 4.3 “E a você, meu fiel companheiro de trabalho, peço que ajude essas duas irmãs. Pois elas, junto com Clemente e todos os outros meus companheiros, trabalharam muito para espalhar o evangelho.”

f) PREGAVAM AOS JUDEUS NO TEMPLO - Ana: Lc 2.37,38 “e que era viúva de oitenta e quatro anos. Esta não deixava o templo, mas adorava noite e dia em jejuns e orações. E, chegando naquela hora,dava graças a Deus e falava a respeito do menino a todos os que esperavam a redenção de Jerusalém.”

g) AS MULHERES PRESENTES NAS PRIMEIRAS REUNIÕES DE ORAÇÃO - At 1.14 “Eles sempre se reuniam todos juntos para orar com as mulheres, a mãe de Jesus e os irmãos dele.” Fica claro que o ofício de pastor é um dom, semelhante ao de profeta, evangelista e portanto, não há conotação quanto ao sexo. O que realmente é necessário é uma vida santa e pura diante de Deus, visto que Deus não faz acepção de pessoas, e que no reino dos céus não haverá separação por sexo pois serão todos como anjos de Deus. O mesmo Paulo deixa bem claro assim:” Não há judeu nem grego; não há escravo nem livre; não há homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus. (GÁLATAS 3.27-28)

Home  |  Voltar

ESPAÇO DA

FAMÍLIA

» Saiba Mais   

Menu de Navegação

Home        |        Quem Somos        |        Estudos Bíblicos        |        Bíblia Online        |        Pedido de Oração        |        Entre em Contato

 

Palavra Pré Existente

Site: www.palavrapreexistente.com.br

Telefone: + 55 (71) 3016-9400

E-mail: contato@palavrapreexistente.com.br

WEBSID Internet

Acesso Restrito | Webmail