PÁGINA PRINCIPAL

         

 
CONSULTÓRIO BÍBLICO E TEOLÓGICO

Pergunta Nº 16 - A alma  de Jesus desceu ao inferno entre Sua morte e ressurreição?

 

Bispo Sebastião Elias

 

Pergunta: "A alma de Jesus desceu ao inferno entre Sua morte e ressurreição?"
(Iglesias/Vanessa- Salvador-Ba.)


Resposta:

Queridos, Graça e Paz.

Em nenhum lugar das Escrituras encontramos a expressão “desceu ao Hades,” com referência a Jesus. Afirma-se que Ele “desceu às regiões inferiores, à terra” (Ef 4.9), mas não que Ele desceu a um lugar chamado “Hades” depois de sua morte e sepultamento. Essa expressão apareceu em dois credos da igreja cristã antiga, ainda que com palavras diferentes. A primeira ocorrência está no Credo chamado dos Apóstolos, que tem a expressão latina “descendit ad inferna” (desceu aos infernos/Hades), e a outra encontra-se no Credo de Atanásio, com a expressão latina “descendit ad inferos” (desceu às regiões inferiores).

Esta afirmação só apareceu na literatura cristã após  o século V, dC. Há também alguns poucos textos da Bíblia que, dependendo de sua tradução, descrevem a ida de Jesus ao “Inferno”.

Para estudar este assunto, é importante que vejamos primeiro o que a Bíblia nos ensina a respeito da “região” dos mortos.Nas Escrituras Hebraicas, a palavra usada para descrever a região dos mortos é “Sheol”. Esta palavra simplesmente significa “lugar silencioso dos mortos” ou o “lugar invisível dos que partiram”. A palavra grega do Novo Testamento que é usada para designar o “lugar dos mortos” é “Hades”, que também é traduzida em algumas versões por “inferno”.Tanto o Antigo quanto o Novo Testamento indicam que “Sheol/Hades” é um lugar intermediário onde as almas ficam enquanto aguardam a ressurreição e julgamento final. Ap.20.11-15 mostra a distinção clara entre os dois. (Inferno, lago de fogo) é o lugar final e definitivo dos perdidos após o julgamento. (Sheol/Hades) é um lugar temporário. Então, Jesus não foi ao “Inferno” porque “Inferno” é uma região futura que somente entrará em vigor após a ressurreição dos impios e o Julgamento do Grande Trono Branco (Ap. 20.11-15).

Sheol/Hades é uma região com duas divisões (Mt.11.23; 16.18; Lc.10.15; 16.23;At.2.27,31 16.23;At.2.27,31), o local dos salvos e o dos perdidos.O lugar dos salvos é chamado “Paraíso”,“Seio de Abraão” e Terceiro céu. Os territórios dos salvos e dos perdidos são separados por um “grande abismo” (Lc 16.26). Quando Jesus subiu aos Céus, Ele levou consigo os ocupantes do Paraíso (os crentes) (Ef 4.8-10). O lado perdido do Sheol/Hades permaneceu sem alteração. Todos os mortos incrédulos que lá estavam e os que continuam indo; lá esperam seu futuro julgamento final.Jesus foi ao Sheol/Hades? Sim, de acordo com (Ef 4.8-10; I Pd 3.18-20.)

Parte desta confusão surgiu de passagens como Salmos 16.10-11. “Pois não deixarás a minha alma no inferno, nem permitirás que o teu Santo veja corrupção....” “Inferno” não é a melhor tradução deste texto. Uma tradução mais correta seria “a sepultura” Na cruz, anos mais tarde, Jesus disse ao ladrão ao Seu lado: “Hoje mesmo estarás comigo no Paraíso”. Seu corpo estava na tumba; Seu espírito foi para o “Paraíso” região do Sheol/Hades. Então Ele removeu todos os justos que estavam mortos do Paraíso e os levou consigo aos Céus. Infelizmente, em muitas traduções da Bíblia, os tradutores não foram corretos quando traduziram as palavras hebraica e grega “Sheol”, “Hades” e “Inferno”.

Alguns afirmam que Jesus foi ao “Inferno” ou ao lugar de sofrimento do Sheol/Hades a fim de receber ainda mais punição por nossos pecados. Não encontramos nenhum respaldo bíblico para esta idéia! Foi a morte de Jesus na Cruz e Seu sofrimento em nosso lugar que, de forma suficiente, efetuaram nossa redenção. Foi Seu sangue derra-mado que nos proporcionou perdão de pecados (I Jo 1.7-9). Quando pendurado na Cruz, levou sobre Si o fardo do pecado de toda a humanidade. “Ele se fez pecado por nós”. “Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.” (II Co. 5.21) No Getsêmani, lutou com o fardo de pecado que seria colocado sobre Ele na cruz.

Com grande voz Jesus,exclamou na cruz: “Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?”, neste exato momento Ele foi separado do Pai(morto) por causa do pecado lançado sobre Ele. Quando entregou o Seu espírito, disse: “Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito”. Seu sofrimento foi completo em nosso lugar. Sua alma/espírito foi à parte do Hades correspondente ao Paraíso. Jesus não foi ao Inferno. O sofrimento de Jesus terminou no momento em que morreu. O pagamento pelo pecado foi completo. Ele então aguardou a ressurreição de Seu corpo e Seu retorno a sua glória, em Sua ascensão. Creio que a pergunta que não quer calar pode ser respondida agora: Jesus foi ao Inferno? Não. Jesus foi ao Sheol/Hades? Sim.
 

Home  |  Voltar

ESPAÇO DA

FAMÍLIA

» Saiba Mais   

Menu de Navegação

Home        |        Quem Somos        |        Estudos Bíblicos        |        Bíblia Online        |        Pedido de Oração        |        Entre em Contato

 

Palavra Pré Existente

Site: www.palavrapreexistente.com.br

Telefone: + 55 (71) 3016-9400

E-mail: contato@palavrapreexistente.com.br

WEBSID Internet

Acesso Restrito | Webmail