PÁGINA PRINCIPAL

         

 
CONSULTÓRIO BÍBLICO E TEOLÓGICO

Pergunta Nº 22 - Bispo Elias, porque um cristão batista não pode ser padrinho de uma criança na igreja romana?

 

Bispo Sebastião Elias

 

Pergunta: Bispo Elias, porque um cristão batista não pode ser padrinho de uma criança na igreja romana?

Resposta: (22)


1º - OS CRISTÃOS BATISTAS NÃO PRATICAM O BATISMO DE CRIANÇAS. Não cremos na sua necessidade. “... tudo o que não provém da fé é pecado.”(Romanos 14.23b)

Nas várias denominações cristãs há interpretações diferentes  sobre o batismo. A Bíblia é bastante clara sobre o que é o batismo, a quem se destina e seu alcance. Conforme a Bíblia, somente crentes que já colocaram sua fé em Cristo foram batizados, como testemunho público de sua fé e identificação com Jesus (Atos 2.38; Romanos 6.3-4). O batismo nas águas por imersão é um passo de obediência após a  aceitação de Cristo. É uma proclamação de fé, em Cristo, uma afirmação de submissão e identificação a Ele, e com Sua morte, sepultamento e ressurreição.

Por esta visão, o batismo de crianças não é uma prática bíblica. Uma criança não pode colocar sua fé em Cristo. Uma criança não pode tomar uma decisão consciente em obedecer a Cristo. Um bebê não consegue compreender o significado do  batismo nas águas. A Bíblia não registra especificamente nenhuma criança sendo batizada. O batismo de crianças leva aos métodos de batismo por aspersão e efusão (derramamento de água), pois não seria prudente imergir uma criança na água.

Muitos cristãos que praticam o batismo em crianças o fazem por entender que o batismo em bebês seja equivalente à circuncisão no A.Testamento. Sob esta ótica, assim como a circuncisão uniu o pacto hebreu com o abraâmico e mosaico, o batismo uniu a pessoa com a Nova Aliança de salvação através de Jesus Cristo. Esta visão não é 100% bíblica. O Novo Testamento não liga o batismo à circuncisão. O Novo Testamento, não descreve o batismo como um sinal da Nova Aliança. É a fé em Jesus Cristo que capacita a pessoa a gozar das bênçãos da Nova Aliança (I Coríntios 11.25; II Coríntios 3.6; Hebreus 9.15).

O batismo não salva a pessoa. Não importa se você foi batizado por imersão, efusão ou aspersão – se você, primeiro, não nascer de novo, o batismo (não importa o método) não tem qualquer significado ou serventia. Os pais cristãos devem dedicar seu filho a Cristo, apresentando-o no culto adequado para a dedicação do bebê como Jesus foi apresentado.” Completando-se o tempo da purificação deles, de acordo com a Lei de Moisés, José e Maria o levaram a Jerusalém para apresentá-lo ao Senhor “   (Lucas 2.22-40)



2º - Os padrinhos são os responsáveis pela criança
na falta dos pais, e prometem no ato do batismo ajudar a educar a criança na fé católica. Como você faria se não tem a mesma fé?

A liturgia romana exige que o padrinho seja batizado e crismado na fé romanista e faça a comunhão romana.

Home  |  Voltar

ESPAÇO DA

FAMÍLIA

» Saiba Mais   

Menu de Navegação

Home        |        Quem Somos        |        Estudos Bíblicos        |        Bíblia Online        |        Pedido de Oração        |        Entre em Contato

 

Palavra Pré Existente

Site: www.palavrapreexistente.com.br

Telefone: + 55 (71) 3016-9400

E-mail: contato@palavrapreexistente.com.br

WEBSID Internet

Acesso Restrito | Webmail